Portal Livramento

Portal Livramento

Resultado da busca pela categoria "saúde"

Inscrições para o Enem seguem abertas até quarta-feira

Segunda 25 Mai 2020 - 11h15




Inscrições para o Enem seguem abertas até quarta-feira

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 estão abertas até a próxima quarta-feira (27) e devem ser feitas por meio da internet. O prazo começou no dia 11 e terminaria no dia 22, mas foi estendido por mais cinco dias.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as fotos poderão ser alteradas ou inseridas após o período de inscrições, na Página do Participante.

A foto deve ser atual, nítida, individual, colorida e com fundo branco. Não serão aceitas imagens de pessoas com óculos escuros ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). Ela deve mostrar o rosto inteiro do participante com uma boa iluminação e foco, nos formatos de arquivo JPEG e PNG, com tamanho máximo de 2 MB. Imagens em PDF não serão permitidas.

As datas do Enem serão definidas após enquete que será feita com os participantes inscritos, no final de junho, na Página do Participante. As provas estavam previstas para novembro deste ano, mas em razão dos impactos ocasionados na sociedade pela pandemia de covid-19, o Ministério da Educação decidiu pelo adiamento por 30 a 60 dias.

No Enem 2020, serão aplicadas duas modalidades de provas, a impressa e a digital. Todas as 101.100 vagas para a prova digital já foram preenchidas.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. A redação será manuscrita, em papel, nas duas modalidades. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira - inglês ou espanhol.

O valor da taxa de inscrição do Enem é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio. Quem tem direito à gratuidade da taxa de inscrição, por se enquadrar nos perfis previstos nos editais do Enem, terá a isenção automática, a partir da análise dos dados declarados no sistema.

A regra se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência. De acordo com o Inep, a medida beneficia quem teve dificuldades em realizar a solicitação de isenção devido às restrições impostas pelo isolamento social em razão da pandemia de covid-19.

 

Fonte - Bahia Notícias

Agências dos Correios pagarão auxílio emergencial a partir de junho

Segunda 25 Mai 2020 - 09h08




Agências dos Correios pagarão auxílio emergencial a partir de junho

A partir do mês de junho, além das agências da Caixa Econômica Federal, as dos Correios serão opções para que a população possa receber o auxílio emergencial pago pelo governo federal, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Em nota oficial, os Correios informaram que o início do pagamento aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, mães solteiras, autônomos e desempregados  acontece em junho nas agências postais, mas não confirmaram uma data específica. “As agências estão, nesse momento, em processo de adaptação dos sistemas para realização do serviço”, diz o comunicado. “A data de início do atendimento, as formas de acesso da população e demais procedimentos serão amplamente divulgados pelos canais oficiais da empresa”, acrescentou.

 

Fonte - Bahia Notícias

INSS inicia pagamento da 2ª parcela do 13º de aposentados e pensionistas

Segunda 25 Mai 2020 - 08h45




INSS inicia pagamento da 2ª parcela do 13º de aposentados e pensionistas

A segunda parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas começou a ser paga nesta segunda-feira (25) pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Geralmente o pagamento costuma ocorrer em novembro. Porém, foi antecipado neste ano como uma das medidas para reduzir o impacto da pandemia do coronavírus no Brasil.

De acordo com o governo, 30,8 milhões de beneficiários receberão a segunda parcela do 13º, equivalente a R$ 23,8 bilhões. A primeira parcela foi paga aos beneficiários entre os meses de abril e maio.

Quem recebe um salário mínimo, receberá o dinheiro entre 25 de maio e 5 de junho. Acima disso, o benefício será creditado em 1º e 5 de junho.

 

Fonte - EBC

Com foco no auxílio emergencial, Caixa é único banco a abrir durante feriados antecipados

Segunda 25 Mai 2020 - 08h39




Com foco no auxílio emergencial, Caixa é único banco a abrir durante feriados antecipados

Com os feriados antecipados em Salvador e alguns municípios da Bahia até a próxima quarta-feira (27), os bancos vão ficar fechados. A única exceção é a Caixa Econômica Federal, que vai trabalhar exclusivamente no auxílio emergencial e demais benefícios. As agências voltam a funcionar normalmente na próxima quinta-feira (28).

"As agências da Caixa irão funcionar exclusivamente para auxílio emergencial, Bolsa Família e benefício de preservação do emprego. As demais ficarão fechadas", explicou o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, em entrevista ao Bahia Notícias.

Vasconcelos destacou que o funcionamento dos bancos na quarta-feira vai depender de cada município. Em Salvador, por exemplo, a data do feriado de Nossa Senhora da Conceição da Praia foi escolhida.

"Na quarta é feriado municipal, então depende de cada município. Nesse sistema, só a Caixa irá funcionar também", ressaltou.

Ainda de acordo com Augusto Vasconcelos, o Sindicato garantiu em reunião com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) o pagamento de horas extras ou folgas para os funcionários.

"Os bancos queriam, inclusive, forçar os trabalhadores a trabalhar sem o pagamento de horas extras, folgas, mas conseguimos um acordo e essas reuniões foram importantes", explicou.

A medida de antecipação dos feriados tem o objetivo de aumentar o isolamento social e diminuir a proliferação do novo coronavírus.

 

Fonte - Bahia Notícias

BA tem menor gravidade da seca desde 2014, aponta ferramenta de monitoramento

Sexta 22 Mai 2020 - 08h41




BA tem menor gravidade da seca desde 2014, aponta ferramenta de monitoramento

O estado da Bahia teve uma redução da área com seca e das áreas com seca grave em comparação aos últimos dois meses. A situação foi constatada pela última atualiação do Monitor de Secas, ferramenta de monitoramento coordenada pela Agência Nacional de Águas (ANA). O índice é o melhor em termos de gravidade em áreas atingidas pela seca desde julho de 2014 no estado.

As chuvas ficaram abaixo da média histórica em algumas áreas do litoral sul, na região da divisa com o Piauí e no sudoeste. Nas outras áreas, foram observadas chuvas próximas ou um pouco acima da média.

A seca grave, segundo o Monitor das Secas, só permaneceu na divisa com o estado do Piauí. As áreas com seca fraca e moderada passaram a predominar no território baiano. Também houve um aumento da área sem seca próximo a Sergipe.

SECA EM OUTROS ESTADOS
Com as chuvas de abril, a ferramenta registrou, além da Bahia, uma redução das áreas com seca no Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. No caso do Espírito Santo, o estado não registra nenhuma área com seca desde março. Já em Alagoas todo o estado permanece com seca.

Também houve a redução da gravidade das secas em oito estados: Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. O Ceará manteve áreas somente com seca fraca e Tocantins teve poucas mudanças na severidade da seca entre março e abril. No caso do Maranhão, houve um aumento da área com seca moderada no sul do estado.

De modo geral, a seca no norte do Nordeste apresenta impacto de longo prazo, associado principalmente ao déficit hídrico de chuvas abaixo da média na região entre 2012 a 2018. No entanto, as chuvas vistas nos quatro primeiros meses do ano trouxeram melhora com a recuperação dos pastos e os açudes e represas agora se encontram cheios.

O MONITOR DAS SECAS
O Monitor de Secas é coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA), com o apoio da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME), e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos. Na Bahia, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) é o órgão que atua no Monitor de Secas. Por meio da ferramenta é possível comparar a evolução das secas nos 12 estados a cada mês vencido.

Essa ferramenta realiza o acompanhamento contínuo do grau de severidade das secas no Brasil com base em indicadores de seca e nos impactos causados pelo fenômeno em curto e/ou longo prazo. Os impactos de curto prazo são para déficits de chuvas recentes nos últimos um a seis meses. Para secas acima de 12 meses, os impactos são de longo prazo.

O Monitor vem sendo utilizado para auxiliar a execução de políticas públicas de combate à seca e pode ser acessado tanto pelo site do Monitor das Secas quanto pelo aplicativo, disponível gratuitamente para dispositivos Android e iOS.

Com uma presença cada vez mais nacional, abrangendo os nove estados do Nordeste, Espírito Santo, Minas Gerais e Tocantins, os próximos estados a se juntarem ao Monitor serão Goiás e Rio de Janeiro, que já estão em fase de testes e treinamento de pessoal.

 

Fonte - Bahia Notícias

Pedidos de seguro-desemprego sobem 76,2% na primeira quinzena de maio

Sexta 22 Mai 2020 - 08h39




Pedidos de seguro-desemprego sobem 76,2% na primeira quinzena de maio

Os pedidos de seguro-desemprego de trabalhadores com carteira assinada subiram 76,2% na primeira quinzena de maio em relação ao mesmo período do ano passado. O levantamento foi divulgado hoje (21) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia e considera tanto os atendimentos presenciais – nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e das Superintendências Regionais do Trabalho – e os requerimentos virtuais.

Na primeira metade do mês, 504.313 benefícios de seguro-desemprego foram requeridos, contra 286.272 pedidos registrados no mesmo período do ano passado. Ao todo, 77,5% dos benefícios foram pedidos pela internet no mês passado, contra apenas 1,7% no mesmo período de 2019.

Número acumulado
Apesar da alta de maio, os pedidos de seguro-desemprego cresceram em ritmo menor no acumulado do ano, tendo somado 2.841.451 de 2 janeiro a 15 de maio de 2020. O total representa aumento de 9,6% em relação ao acumulado no mesmo período do ano passado, 2.592.387.

A própria secretaria, no entanto, estima que os dados para o ano podem estar subestimados em até 250 mil pedidos. Isso porque diversos trabalhadores sem acesso à internet não estão conseguindo pedir o benefício nas unidades de atendimento presencial, que estão com o funcionamento suspenso por causa da pandemia de covid-19.

A estimativa foi elaborada com base na média dos pedidos de seguro-desemprego por meio do atendimento presencial. Segundo o Ministério da Economia, a pasta está divulgando as projeções de pedidos que deixaram de ser realizados para dar um quadro mais honesto do impacto da pandemia sobre o mercado de trabalho.

Nos cinco primeiros meses do ano, 46,1% dos requerimentos de seguro-desemprego (1.309.554) foram pedidos pela internet, pelo portal gov.br e pelo aplicativo da carteira de trabalho digital; 53,9% dos benefícios (1.531.897) foram pedidos presencialmente. No mesmo período do ano passado, 98,4% dos requerimentos (2.551.623) tinham sido pedidos nos postos do Sine e nas superintendências regionais e apenas 1,6% (40.764) tinha sido solicitado pela internet.

Embora os requerimentos possam ser feitos de forma 100% digital e sem espera para a concessão do benefício, o Ministério da Economia informou que os dados indicam que muitos trabalhadores continuam aguardando a reabertura dos postos do Sine, administrados pelos estados e pelos municípios, para darem entrada nos pedidos. O empregado demitido ou que pediu demissão tem até 120 dias depois da baixa na carteira de trabalho para dar entrada no seguro-desemprego.

Perfil
Em relação ao perfil dos requerentes do seguro-desemprego na primeira quinzena de maio, a maioria é masculina (58%). A faixa etária com maior número de solicitantes está entre 30 e 39 anos (32,5%) e, quanto à escolaridade, 61,9% têm ensino médio completo. Em relação aos setores econômicos, serviços representou 42,1% dos requerimentos, seguido por comércio (26,2%), indústria (20,6%) e construção (7,8%).

Os estados com o maior número de pedidos foram São Paulo (149.289), Minas Gerais (53.105) e Rio de Janeiro (42.693) e os que tiveram maior proporção de requerimentos via web foram Acre (97%), Rondônia (96,7%) e Amazonas (95,9%).

Suspensão
Desde o início do ano, as estatísticas oficiais de emprego com carteira assinada estão suspensas. Os dados de 2020 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) deixaram de ser divulgados por causa da mudança na forma de registro dos dados, que passou a ser feita no eSocial, sistema eletrônico de registro das informações de empregadores e de empregados.

Além de empresários que ainda estavam adaptando-se ao processo informatizado, a pandemia do novo coronavírus tem impedido as empresas de concluírem a transição para o novo sistema. Segundo o Ministério da Economia, a divulgação do Caged será retomada assim que as empresas puderem enviar as informações corretamente.

Para dúvidas e esclarecimentos, o trabalhador pode acionar as superintendências por e-mail. No Distrito Federal, por exemplo, o e-mail é [email protected] Em cada unidade da Federação, basta trocar a sigla do estado para a do local desejado ([email protected], [email protected] e assim por diante).

 

Fonte - Agência Brasil

TCM-BA realizará levantamento sobre gastos municipais com a pandemia do coronavírus

Quinta 21 Mai 2020 - 11h21




TCM-BA realizará levantamento sobre gastos municipais com a pandemia do coronavírus

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA)  fará um levantamento detalhado de todos os gastados que estão sendo realizados pelos 417 municípios do estado relacionados ao controle da pandemia do coronavírus.

A intenção do TCM-BA é acompanhar de perto e coletar informações sobre os atos praticados pelos gestores municipais e estimular o uso eficiente e regular dos recursos públicos.

A Superintendência de Controle Externo do TCM enviou aos controladores internos das prefeituras senhas para acesso individual ao link com o questionário disponibilizado no site do tribunal. Desta forma, o tribunal poderá obter informações sobre eventuais contratações para a realização de obras ou prestação de serviços, assim como outros procedimentos executados pelas administrações municipais em relação ao combate à disseminação do coronavírus.

As prefeituras têm até o dia 7 de junho para encaminhar as respostas solicitadas. Após isso, os dados serão analisados pelas inspetorias regionais de controle externo do TCM, que definirão os processos de acompanhamento e de fiscalização a serem adotados. A iniciativa visa a uma orientação tempestiva da Corte de Contas para proporcionar a tempo, se necessário, correções ou alterações nas ações, no sentido de evitar eventuais prejuízos ao erário. Isto para repelir possíveis sanções quando da análise regular das contas, que ocorrerá em momento posterior.

 

Fonte - Bahia Notícias

VOLUME DA BARRAGEM LUIZ VIEIRA É O MAIOR DOS ÚLTIMOS 10 ANOS

Quinta 21 Mai 2020 - 10h45




VOLUME DA BARRAGEM LUIZ VIEIRA É O MAIOR DOS ÚLTIMOS 10 ANOS
Foto: Irriga Dantas

O volume de água da Barragem Luiz Vieira em Rio de Contas registrado hoje (21) é de 45.506.236 m³, que equivale a 45,80%, vez que a capacidade máxima do reservatório é 99,3 milhões de m³. O volume atual é o maior registrado nos últimos 10 anos, pois a partir de 2011 a região passou por seca prolongada e a barragem mantinha média de 15% a 30%, a depender dos meses chuvosos.

Após adiamento do Enem, superintendente da SEC pondera sobre novo prazo para inscrições

Quinta 21 Mai 2020 - 07h57




Após adiamento do Enem, superintendente da SEC pondera sobre novo prazo para inscrições

Apesar da conquista do adiamento na data de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), pleito altamente reivindicado por estudantes, figuras políticas, entidades e universidades, os problemas gerados pelo calendário do exame não chegaram ao fim. Após anúncio do Ministério da Educação (MEC) sobre o adiamento na data de realização das provas, a superintendente da Educação Básica da Bahia, Manuelita Brito, ponderou que a aflição da pasta no estado vai além: "ainda nos preocupa o calendário de inscrição".

De acordo com a superintendente, "é bem vindo o indicativo do Ministério [da Educação], que até então vinha resistindo bastante", mas o prazo de inscrição, cujo fim está previsto para esta sexta-feira (22), é também um grande problema. "Porque o primeiro filtro, a primeira peneira é a inscrição", anunciou Manuelita ao Bahia Notícias.

A superintendente da Educação espera que o adiamento da prova implique também na reabertura ou prorrogação das inscrições. A secretaria identificou dificuldade dos estudantes em realizarem a inscrição com o afastamento das escolas e tem orientado que a instituições, mesmo sem aulas, se organizem para permitir que os alunos utilizem a estrutura das escolas para esse fim. A medida leva em conta o fato de que o acesso a internet e a computador ainda não é universalizado no Brasil.

Cerca de 4,8 milhões de crianças e adolescentes na faixa de 9 a 17 anos no Brasil não têm acesso à internet em casa. O total corresponde a 17% de todos os brasileiros nessa faixa etária. Os dados foram divulgados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), e fazem parte da pesquisa TIC Kids Online 2019.

O objetivo da Secretaria de Educação da Bahia é de que pelo menos 70 mil estudantes concluintes da rede estadual se inscrevam para a prova em 2020. Número, se não superior, pelo menos igual ao ano passado.

"É excelente que o ministério tenha aberto essa sinalização na perspectiva do adiamento. Acho precipitado fixar datas, porque a gente ainda não tem clareza sobre o retorno das aulas, então corre-se o risco da gente ficar trabalhando sempre com novas prorrogações", ressaltou a superintendente da Educação.

Em seguida Manuelita sugeriu que o prudente seria aguardar um tempo para que o cenário se desenhe melhor. "Ver como as redes estão retomando, em que ritmo estão retomando, como isso está sendo feito", explicou.

RETOMADA DAS AULAS E RECUPERAÇÃO DO CONTEÚDO
A Bahia está com aulas suspensas em todo o estado desde março. A medida está entre as tomadas para tentar evitar a propagação do novo coronavírus. O decreto de suspensão das aulas vem sendo renovado pelo governador Rui Costa (PT) desde então, e ainda não há previsão para que as atividades escolares sejam retomadas.

Diante disso o petista já anunciou que o calendário letivo da Bahia será afetado, a começar pelo recesso de junho que já foi suspenso.

Em meio a isso a SEC tem proposto que professores e alunos mantenham vínculo, mesmo que as atividades não sejam consideradas como carga horária letiva. "Os professores que estão atuando nesse momento junto com seus estudantes estão fazendo dentro da perspectiva da manutenção do vínculo, atendendo um pouco do apelo da secretaria nesse sentido. Essas atividades que estão sendo realizadas agora não estão sendo consideradas ainda em um cálculo de carga horária eletiva pela questão da equidade", disse. "Como a gente não consegue assegurar ainda que 100% tenha acesso aos meios tecnológicos, as salas de aulas virtuais, então é muito delicado que a gente parta do pressuposto de que está universalizado", complementou Manuelita.

A superintendente de Educação explica que as atividades não presenciais não são algo consolidado num marco educacional no Brasil, e que o problema enfrentado pela rede não é só a questão da tecnologia, mas o fato de que a estrutura não estava preparada para esse momento.

"Não é algo para qual as famílias estão preparadas, os estudantes e os próprios professores. Então você trabalhar um modelo, uma orientação pedagógica, educacional, que precise desse contato presencial mais constante é muito desafiador", justificou Manuelita Brito.

Ela ainda explica que as aulas foram suspensas na perspectiva da reposição presencial. Mas admitiu que existe possibilidade, no caso da pandemia e da suspensão das aulas se estenderem por um longo período, de o conteúdo não presencial ser considerado.

"No momento em que se restabelece a conexão do estudante com o ambiente escolar, com seus professores, colegas, você pode eventualmente associar algumas outras atividades. Não está previsto, no nosso caso, no caso da Bahia a nossa reposição é totalmente presencial, é o que está previsto dentro do decreto, mas isso se o processo se estender por muito tempo é possível que a gente faça uso, é possível pensar nessa possibilidade", reconheceu.

 

Fonte - EBC

Auxílio emergencial pode ser prorrogado, mas com valor de R$ 200, admite Guedes

Quinta 21 Mai 2020 - 07h50




Auxílio emergencial pode ser prorrogado, mas com valor de R$ 200, admite Guedes

Estimado inicialmente para três meses, o Auxílio Emergencial poderá ser prorrogado. A possibilidade foi admitida pelo ministro da Economia Paulo Guedes. De acordo com o economista, o benefício, voltado principalmente a trabalhadores informais, pode ser estendido por um ou dois meses. No entanto, Guedes defende que o valor de R$ 600 seja cortado para R$ 200. As informações são da Folha de S. Paulo.

O valor de R$200 era o proposto inicialmente pelo governo. Após discussões no Congresso e no governo o valor foi definido comeo R$600.

A reportagem da Folha ressalta que o fato do ministro admitir a possibilidade de  prorrogação representa uma mudança de posição da equipe econômica, que antes era contrária à extensão da medida. Mesmo assim, a redução do montante concedido é defendida como fundamental.

A justificativa de Guedes para a redução do valor, ainda conforme a Folha, é baseada nas limitações das contas públicas.

 

Fonte - Bahia Notícias

NÃO PERCAM A LIVE DE SILVÉRIO E AMIGOS EM PROL A CASA DO IDOSO

Quarta 20 Mai 2020 - 11h09




NÃO PERCAM A LIVE DE SILVÉRIO E AMIGOS EM PROL A CASA DO IDOSO

Você não pode perder a Live de Silvério e Aimgos neste sábado, às 16 horas no seu canal no YouTube SILVERIOALMEIDAOFICIAL. Se increva no canal, divulgue e colabore com o prejeto da construção da Casa do Idoso em Livramento de Nossa Senhora.