Portal Livramento

Portal Livramento

Veto de auxílio emergencial para caminhoneiros irrita categoria

Quarta 20 Mai 2020 - 08h01




Veto de auxílio emergencial para caminhoneiros irrita categoria

Apontados como aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os caminhoneiros ficaram irritados pelo veto que impede a categoria de ter direito ao auxílio emergencial. A associação que os representa, Abrava, disse que a decisão é preocupante e solicitou a realocação da verba de R$ 18 milhões do programa Roda Bem Caminhoneiro.

"Entendemos que o momento econômico é delicado, e, que infelizmente existe a possibilidade de que nem todos que necessitam recebam o auxílio emergencial. Desta maneira, a Abrava entende que a categoria dos caminhoneiros merece atenção especial e um plano que garanta a continuidade do abastecimento das famílias brasileiras e dos hospitais de todo o país", diz o texto.

Segundo informações da coluna Painel, na Folha de S. Paulo, a Abrava enviou ofícios aos ministros da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e Infraestrutura, Tarcísio Gomes. No documento, a entidade pede que destinem os R$ 18 milhões que deveriam ser aplicados em ações para incentivar a formação de cooperativas de caminhoneiros, compra de kits de testes de coronavírus para caminhoneiros e o pagamento de auxílio emergencial para caminhoneiros contaminados e pertencentes ao grupo de risco.

 

Fonte - iBahia

MPF apura se há irregularidade em auxílio emergencial pago a Abner Pinheiro

Quarta 20 Mai 2020 - 07h49




MPF apura se há irregularidade em auxílio emergencial pago a Abner Pinheiro

Adepto a um estilo de vida de ostentação e com mais de 2 milhões de seguidores nas redes sociais, o influencer baiano Abner Pinheiro teve a solicitação de auxílio emergencial aprovada. O fato, relatado por ele mesmo em seu perfil no Instagram, gerou críticas de internautas e motivou uma apuração do Ministério Público Federal (MPF) sobre possíveis irregularidades no pagamento.

No vídeo, o próprio Abner reconhece que não precisava da quantia e que, assim que estiver com o valor em mãos, pensa em comprar cestas básicas para realizar doações. “Eu vou pegar esse dinheiro e converter em cestas básicas. Acho que tem muita gente precisando muito mais que eu. Para continuar aquela obra que comecei no meu bairro, não foi suficiente. Eu ajudei, mas tem muita gente precisada”, disse.

Na gravação, que consta o print do sistema que mostra “Situação: Aprovada”, Pinheiro também afirmou que desconhece como vai obter o dinheiro. “Nem sei como funciona, nem sei como tenho acesso a esse dinheiro. Vou me informar direitinho, mas acho que é uma boa”, completou.

Internautas reprovaram a iniciativa do influencer em fazer a inscrição. Como tem sido noticiado, há ainda brasileiros que sofreram impactos severos na renda mensal que não tiveram o auxílio aprovado. Abner, por sua vez, não entrou em detalhes sobre em qual critério ele teria sido enquadrado para o recebimento da quantia.

“Deveria ter vergonha, tanta gente precisando, pais e mães de família sendo humilhados para pegar esse auxílio em filas passando noites, aí vem você dizendo, que nada! Se você se inscreveu [é] porque esperava sim, seja mais coerente, bom samaritano”, disse um internauta.

“Aí quem tá em análise até março, meu caso, não recebe. Beleza que vai ser um ato bom, mas para quem tá desempregada e [com] filho pequeno não recebe. Ele não tinha necessidade de se inscrever. Minha opinião”, disse outro.

Tiveram seguidores que cogitaram que o digital influencer fez o pedido e posteriormente o vídeo como ato de projetar a si mesmo: “Se ele queria ajudar o próximo, tirasse esse dinheiro da carteira dele, não de uma pessoa que realmente precisa dos 600 reais. Ele faz isso pra aparecer, isso sim”.

CÓDIGO PENAL
A situação envolvendo o digital influencer, caso não seja comprovado perfil e critérios para o recebimento do auxílio, poderá ser enquadrado como estelionato, como consta o artigo 171 do Código Penal que diz respeito a “obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”.

De acordo com o parágrafo terceiro do artigo 171, “a pena aumenta-se de um terço, se o crime é cometido em detrimento de entidade de direito público ou de instituto de economia popular, assistência social ou beneficência”.

 

Fonte - BN

 

Levantamento revela seis vacinas mais promissoras contra coronavírus

Quarta 20 Mai 2020 - 07h46




Levantamento revela seis vacinas mais promissoras contra coronavírus

A tão esperada vacina para a Covid-19 motiva uma corrida científica. Existem pelo menos 110 iniciativas de métodos de imunização em desenvolvimento atualmente. Conforme publicou o portal Metrópoles, um levantamento realizado pelo banco de investimentos Morgan Stanley mostra que seis pesquisas estão entre as mais promissoras para a imunização da doença causada pelo novo coronavírus.

Estre os aspectos analisados, a intituição levou em consideração o processo e a capacidade produtiva, uma vez que será necessário produzir bilhões de vacinas para imunizar toda a população mundial.

Algumas pesquisas sobre vacina utilizam a tecnologia com base em adenovírus, outras base de RNA e vírus inativo. Conheça:

CANSINO BIOLOGICS 1
De acordo com reportagem do Metrópoles, a vacina chamada de Ad5-nCoV está na segunda fase de testes clínicos e a próxima etapa deve começar nos próximos meses, em vários países, além da China, onde será produzido o produto. A companhia diz poder produzir milhões de doses e deve expandir sua capacidade para 100 milhões nos próximos anos.

OXFORD/VACCITECH
Uma das iniciativas mais conhecidas, é chamada de ChAdOx1 nCoV-19 e está na primeira fase de testes. As próximas etapas devem começar em junho e os pesquisadores esperam os primeiros resultados até agosto. Devem ser usadas várias fábricas ao redor do mundo, e a expectativa é que 100 milhões de doses sejam produzidas até o fim de 2020.

JOHNSON&JOHNSON
A gigante farmacêutica deve começar os testes da sua vacina em setembro, e pretende produzir entre 600 milhões e 900 milhões de doses no primeiro trimestre de 2021, com a promessa de chegar a 1 bilhão de vacinas até o final do ano.

BIONTECH/PFIZER
A vacina recebeu o nome de BNT162 e é fruto de uma parceria de 2018 para a produção de vacinas contra a influenza, que foi adaptada para o coronavírus. Os testes clínicos estão em andamento, e as empresas garantem mais de 100 milhões de unidades prontas em 2021.

MODERNA/NIH
A vacina americana apresentou bons resultados na primeira fase do estudo clínico, em um grupo de oito pacientes. As próximas etapas da pesquisa devem começar em breve. O objetivo da empresa é aumentar a escala de produção em 10 milhões por mês até chegar na capacidade de 1 bilhão de doses por ano em julho de 2021.

SANOFI/GSK
As duas farmacêuticas tentam unir a tecnologia de duas vacinas, uma de cada empresa, para inativar o coronavírus no organismo. Os testes devem começar só no final de 2020. As companhias são capazes de produzir um bilhão de doses por ano.

 

Fonte - Bahia Notícias

Vale-alimentação já foi entregue a quase 260 mil estudantes na Bahia

Terça 19 Mai 2020 - 08h57




Vale-alimentação já foi entregue a quase 260 mil estudantes na Bahia

Quase 260 mil estudantes  já receberam o vale-alimentação, dados contabilizados até a última segunda-feira (18), em Salvador e mais 21 cidades do interior que têm as redes Assaí e Cesta do Povo com lojas credenciadas.

O benefício, no valor de R$ 55 por estudante, está sendo entregue pelo Governo do Estado desde o dia 20 de abril, podendo ser retirado em qualquer dia da semana e enquanto durar o período de suspensão das aulas.

O vale-estudantil é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite. A Rede Assaí funciona das 7h às 22h. A Cesta do Povo e as lojas conveniadas, na capital, abrem das 7h às 20h, e, no interior, das 8h às 20h. Por conta do decreto municipal de Salvador, os supermercados atendem, preferencialmente, aos idosos das 7h às 9h.

Para os alunos que moram onde não há lojas desses mercados, está sendo entregue um cartão- alimentação com o mesmo valor, totalizando 800 mil estudantes beneficiados, em todos os 417 municípios da Bahia. Estão sendo investidos R$ 44 milhões de recursos do governo do Estado com a ação.

 

Fonte - Bahia Notícias

Para quem não recebeu em abril primeira parcela do auxílio, vem aí a chance a partir de hoje (19)

Terça 19 Mai 2020 - 08h52




Para quem não recebeu em abril primeira parcela do auxílio, vem aí a chance a partir de hoje (19)

O pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600,00 para quem teve o cadastro aprovado pela Dataprev na semana pasasda começa hoje. A Caixa informou que 8,3 milhões de pessoas vão receber a primeira parcela até dia 29. O valor total do lote supera R$ 5,3 bilhões.

O pagamento para esse grupo acontecerá em etapas, por mês de nascimento, e estará imediatamente disponível para saque. Hoje, o dinheiro deve ser depositado para os nascidos em janeiro.

Hoje - nascidos em janeiro
Amanhã - nascidos em fevereiro
21/05 - nascidos em março
22/05 - nascidos em abril
25/05 - nascidos em maio, junho e julho
26/05 - nascidos em setembro
27/05 - nascidos em outubro
28/05 - nascidos em novembro
29/05 - nascidos em dezembro

Pedro Guimarães, presidente da Caixa, informou que o pagamento foi planejado desta forma para evitar aglomerações e filas nas agências.

Vale recordar que o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial começou nesta semana, mas apenas para os que tinham recebido a primeira parcela em abril. O calendário dos que foram incluídos mais tarde no programa, em relação a segunda parcela, ainda não foi divulgado.

 

Fonte - Santa Portal

Governo reincorpora cubanos ao Mais Médicos; BA recebe 41 profissionais em 30 municípios

Terça 19 Mai 2020 - 08h45




Governo reincorpora cubanos ao Mais Médicos; BA recebe 41 profissionais em 30 municípios

Um grupo de médicos cubanos será reincorporado ao programa Mais Médicos para o Brasil. A lista com os nomes e cidades de destino foi  publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18) pelo Ministério da Saúde.

A Bahia vai receber 41 médicos que vão trabalhar em 30 localidades do estado: Acajutiba, Alagoinhas, Camaçari, Casa Nova, Conceição do Coité, Cruz das Almas, Eunápolis, Feira de Santana, Gongogi, Ilhéus, Inhambupe, Ipirá, Itaguaçu da Bahia, Itaparica, Jaguarari, Jeremoabo, Malhada, Manoel Vitorino, Monte Santo, Morro do Chapéu, Salvador, Santa Cruz Cabrália, São Félix do Coribe, Sátiro Dias, Senhor do Bonfim, Serrolância, Tucano, Urandi, Uruçuca e Wenceslau Guimarães, além do Distrito Sanitário Especial Indígena. A lista de nomes dos médicos pode ser acessada no portal da Imprensa Nacional.

Além da Bahia, foram beneficiados Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão e Minas Gerais.

No mês de março o Ministério da Saúde informou que 7.167 médicos já haviam se inscrito no edital do Mais Médicos para o Brasil aberto para reforçar as equipes de saúde em função da epidemia do novo coronavírus, lembra reportagem da Agência Brasil. A previsão anunciada foi de que até cinco chamadas seriam feitas.

A pasta havia estimado um total de R$ 1,4 bilhão em investimentos, e que esses profissionais poderão atuar em mais de uma unidade de saúde, o que deverá ser organizado pelas respectivas secretarias de saúde.

 

Fonte - Agência RBS

Vacina contra Covid-19 testada em humanos tem resultados 'positivos preliminares'

Terça 19 Mai 2020 - 08h43




Vacina contra Covid-19 testada em humanos tem resultados 'positivos preliminares'

Uma das primeiras vacinas contra o novo coronavírus testada em humanos teve resultados "positivos preliminares" na fase inicial de ensaios clínicos. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (18) pela empresa americana de biotecnologia Moderna, detentora da vacina em questão.

Apesar do resultado positivo, os testes foram feitos em um número pequeno de voluntários, segundo o G1. A vacina produziu resposta imune em oito pacientes. Segundo Tal Zaks, diretor médico da Moderna, disse em comunicado que "a fase provisória I, embora em estágio inicial, demonstra que a vacinação com o o mRNA-1273 produz uma resposta imune da mesma magnitude que a provocada por infecção natural".

De acordo com balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS), são 118 vacinas sendo desenvolvidas, no momento, contra a Covid-19. Dentre elas, oito estão em fase clínica - no mesmo ponto que a da Moderna.

A fase 3, segundo a empresa, deve começar em julho. Nela, mais pessoas serão testadas. Na última sexta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que espera uma vacina contra o coronavírus até o final de 2020.

 

Fonte - BN

Judiciário baiano já produziu mais de 900 mil atos durante teletrabalho

Terça 19 Mai 2020 - 08h37




Judiciário baiano já produziu mais de 900 mil atos durante teletrabalho

Magistrados da Justiça da Bahia já produziram 966.465 atos durante o regime de teletrabalho, estabelecido no dia 16 de março pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em decorrência da pandemia de Covid-19. Ao todo, foram 381.266 despachos, 238.662 processos baixados, 229.671 julgamentos realizados e 116.866 decisões proferidaas. Os dados foram apresentados pela Secretaria de Planejamento (Seplan) do TJ-BA.

Para a presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab), juíza Nartir Weber, a produção até o momento é elevada. “O Judiciário baiano continua trabalhando remotamente e de forma ininterrupta, garantido a Justiça ao cidadão”, afirmou.

Nesta segunda-feira (18), foi publicado o Ato Conjunto nº 09, prorrogando o prazo do teletrabalho nas unidades judiciárias até o dia 31 de maio. Além disso, os prazos processuais de processos que tramitam em meio físico seguem suspensos.

 

Fonte - TJBA

Brasil tem 674 mortes em 24 horas e total vai a 16.792; casos são 254.220

Terça 19 Mai 2020 - 08h35




Brasil tem 674 mortes em 24 horas e total vai a 16.792; casos são 254.220

O balanço do coronavírus no Brasil divulgado pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (18) indica que o país registrou 674 mortes nas últimas 24 horas. Com isso o número total de vítimas fatais da Covid-19 foi a 16.792. No domingo (17) eram 16.118 mortes. Os casos confirmados de infecção pelo coronavírus no país chegaram 254.220, de acordo com o Ministério, no domingo eram 241.080 casos.

 

Fonte - iBahia

 

Gasolina acumula 16 semanas de queda com redução de 17,11% no preço final

Terça 19 Mai 2020 - 08h34




Gasolina acumula 16 semanas de queda com redução de 17,11% no preço final

O preço médio da gasolina vendida no Brasil já acumula queda de 17,11% em 16 semanas consecutivas de baixa, sendo comercializada a R$ 3,808 o litro entre os dias 10 e 16 deste mês. A analise da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgada nesta segunda-feira (18), revela ainda que o preço médio da gasolina C na Bahia é de R$ 3,87.

Salvador possui a terceira gasolina mais barata da região Nordeste, que custa em média R$ 3,67. Perdendo apenas para Recife (PE) com R$ 3,63 e João Pessoa (PB) que custa R$ 3,42.

A Síntese do Comportamento dos Preços dos Combustíveis, relatório divulgado semanalmente aponta também que o diesel acumula queda de 19,61% em 16 semanas consecutivas de baixa no preço médio, comercializado a R$ 3,055/litro.

 

Fonte - Bahia Notícias

LIVRAMENTO: PERFIL ESTATÍSTICA DIVULGA NOTA SOBRE PESQUISA FRAUDULENTA DIVULGADA EM REDES SOCIAIS

Segunda 18 Mai 2020 - 10h02




LIVRAMENTO: PERFIL ESTATÍSTICA DIVULGA NOTA SOBRE PESQUISA FRAUDULENTA DIVULGADA EM REDES SOCIAIS

A pedido do Diretório Municipal do Partido Social Democrático de Livramento de Nossa Senhora, assinado por seu presidente Jenilson Tadeu Rêgo de Souza, ofício número 004/2020, de 15 de maio de 2020, a empresa Perfil Estatística, do município de Lauro de Freitas - Ba, através do seu departamento jurídico, tendo como responsável o Dr. Marcelo Modesto Sotero, emitiu nota para esclarecer à populução de Livramento que não realizou qualquer pesquisa, diagnóstico, presencial ou mesmo por telefone nos últimos oito anos. Prossegue, em resposta a Janilson, dizendo que "assim como Vossa Senhoria fomos tomados de surpresa e profunda indignação ao ver um dos nossos trabalhos estatísticos ter sido adulterado (pesquisa eleitoral copiada do nosso site) devidamente registrado de acordo com a legislação eleitoral vigente, diante da Resolução nº 23.600, de 12/12/2019. Fora feita uma grotesca manipulação na pesquisa supracitada inserido dados do município de Livramento de Nossa Senhora, como nome de políticos locais, insinuando falsamente a realização de uma pesquisa eleitoral." A nota ainda lamenta a atitude de um vereador do município de Livramento, por publicar dados fakes em suas redes sociais. Vale lembrar que segundo a Resolução do TSE nº 23.600, de 12/12/2019, no seu art. 18, "a divulgação de pesquisa fraudulenta constitue crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de R$ 53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais) a R$ 106.410,00 (cento e seis mil, quatrocentos e dez reais) (Lei nº 9.504/1997, arts. 33, § 4º, e 105, § 2º)." Confira o OFÍCIO do PSD/Livramento e a NOTA da Empresa Perfil Estatística.

Anvisa alerta sobre aumento de intoxicação por produtos de limpeza

Segunda 18 Mai 2020 - 09h17




Anvisa alerta sobre aumento de intoxicação por produtos de limpeza

A fim de reduzir os riscos à saúde causados pelo aumento da exposição tóxica por produtos de limpeza no país, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou a Nota Técnica (NT) 11/2020, que alerta a população sobre o crescimento dos casos de intoxicação.

De acordo com a Anvisa, embora não haja informações que demonstrem o vínculo definitivo entre a exposição e os esforços de higienização e desinfecção para evitar a disseminação da covid-19, parece haver uma associação temporal com o aumento do uso dos produtos.

O documento orienta também sobre o uso e o armazenamento adequados dos chamados saneantes domissanitários, ou seja, os saneantes de uso domiciliar que contêm substâncias ou preparações destinadas à higienização e à desinfecção.

A nota foi elaborada com base nos dados dos Centros de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox). “Para se ter uma ideia do crescimento dos casos de intoxicação, de janeiro a abril deste ano os CIATox receberam 1.540 registros de intoxicação devido a produtos de limpeza envolvendo adultos, um aumento equivalente a 23,3%, comparado ao mesmo período de 2019, e de 33,68%, com relação a 2018”, informa a Anvisa.

Crianças
No que se refere às crianças, foram registrados 1.940 casos, um aumento de 6,01% e de 2,7%, em relação a 2019 e 2018, respectivamente. De acordo com a Agência, os números mostram que os acidentes domésticos envolvendo exposição tóxica a substâncias químicas são mais frequentes com o público infantil e, portanto, há necessidade de dispensar mais cuidados às crianças.

Orientações básicas
1- Mantenha os produtos de limpeza fora do alcance de crianças e animais. Esses produtos podem atrair a atenção principalmente de crianças pequenas, entre 1 e 5 anos de idade.

2- Evite o armazenamento desses produtos em recipientes diferentes e não etiquetados.

3- Supervisione as crianças, não permitindo que elas acessem os ambientes onde esses produtos são guardados.

4- Não deixe detergentes e produtos de limpeza em geral embaixo da pia ou no chão dos banheiros.

5- Leia e siga as instruções descritas no rótulo de cada produto.

6- Evite a mistura de produtos químicos.

7- Garanta a ventilação quando for manusear um desses produtos destinados à limpeza, higienização e desinfecção.

8- Inutilize as embalagens vazias. Isso porque elas sempre ficam com resíduos, ou seja, restos dos produtos. Jogue fora as embalagens vazias, preferencialmente valendo-se do sistema de coleta seletiva, de modo a separá-las do lixo orgânico.

9- Em caso de emergências toxicológicas, não provoque vômito. Tenha em mãos o número do Centro de Informação e Assistência Toxicológica, o CIATox: 0800-722-6001.

 

Fonte - Agência Brasil

*Com informações da Anvisa

Caixa amplia pausa para pagamento de prestação habitacional

Segunda 18 Mai 2020 - 09h03




Caixa amplia pausa para pagamento de prestação habitacional

A Caixa vai permitir, a partir desta segunda-feira (18), a ampliação da pausa do pagamento de financiamentos habitacionais por um período de 120 dias para os clientes que já haviam solicitado o benefício de suspensão temporária. Anteriormente, o período máximo era de 90 dias. Quem decidir solicitar a suspensão temporária das prestações a partir de agora já terá os 120 de pausa garantidos.

A ampliação do prazo vale para pessoas físicas e jurídicas, no caso de financiamentos à produção de empreendimentos e para os financiamentos de aquisição e construção de imóveis comerciais – individual.

“Ao estender a pausa na prestação do contrato habitacional para quatro meses, o banco oferece às pessoas e empresas a oportunidade de reprogramar seu orçamento diante das dificuldades que vêm enfrentando nesse período”, comentou o presidente da Caixa, Pedro Duarte Guimarães.

Segundo o banco, a medida faz parte das ações para enfrentar os efeitos causados à economia pela pandemia de covid-19. Até o momento, mais de 2,3 milhões de mutuários já solicitaram a pausa na prestação habitacional.

Quem solicitar a pausa no contrato terá que pagar juros, seguros e taxas, que serão acrescidos ao saldo devedor do contrato. De acordo com o banco, a taxa de juros e o prazo contratados originalmente não sofrem alteração.

Os clientes com pagamentos em dia ou aqueles com pagamentos em atraso por, no máximo, 18 meses, podem solicitar a carência. Clientes que utilizaram o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para abater uma parte da prestação também podem solicitar o serviço. No caso de pessoas jurídicas, a possibilidade de pausa nas prestações é permitida para quem está sem pagar no prazo no máximo duas parcelas (atraso de 60 dias).

Para solicitar a pausa, basta acessar o aplicativo Habitação CAIXA ou registrar o pedido pelos telefones 3004-1105 (para capitais) e 0800 726 0505 (demais localidades), ou de forma automatizada pelo 0800 726 8068, opções 2-4-2, de segunda a sexta-feira, e aos sábados de 10h às 16h (exceto feriados).

*Com informações da Caixa Econômica Federal

Caixa inicia pagamento da segunda parcela do auxílio de R$ 600

Segunda 18 Mai 2020 - 08h40




Caixa inicia pagamento da segunda parcela do auxílio de R$ 600

A Caixa inicia nesta segunda-feira, 18, o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial no valor de 600 reais. Os primeiros a receber serão os beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do Número de Identificação Social (NIS) é igual a 1, uma estimativa de 1,9 milhão de pessoas.

Na terça-feira, 19, o benefício do auxílio será depositado para Bolsa Família com NIS final 2 e assim por diante. Os últimos a receberem serão os beneficiários com final 0 no dia 29 de maio. Veja calendário abaixo:

Final NIS 1: 18 de maio
Final NIS 2: 19 de maio
Final NIS 3: 20 de maio
Final NIS 4: 21 de maio
Final NIS 5: 22 de maio
Final NIS 6: 25 de maio
Final NIS 7: 26 de maio
Final NIS 8: 27 de maio
Final NIS 9: 28 de maio
Final NIS 0: 29 de maio

O pagamento do auxílio aos inscritos no Bolsa Família é feito automaticamente, ou seja, os beneficiários não precisaram se cadastrar no programa. Entretanto, só recebe o auxílio emergencial se o valor for maior do que o creditado pelo Bolsa Família.

O último balanço divulgado pela Caixa apontou que até sexta-feira, 15, 19,2 milhões de pessoas inscritas no Bolsa Família haviam recebido a primeira parcela do auxílio emergencial totalizando 15,2 bilhões de reais.

Fora do Bolsa Família
O pagamento da segunda parcela do auxílio para quem não faz parte do Bolsa Família seguirá outro calendário. São dois diferentes, um para o recebimento em poupança social e outro para saque em espécie para poupança social e transferência automática dos recursos dessa poupança para contas já existentes.

Neste momento, a segunda parcela será paga apenas para quem recebeu a primeira parcela até o dia 30 de abril. O calendário da segunda parcela para os trabalhadores que receberam a primeira após o dia 30 de abril ainda será divulgado pelo Ministério da Cidadania, bem como o calendário da terceira parcela do benefício.

Calendário da segunda parcela- Poupança Social

20 de maio: nascidos em janeiro e fevereiro

21 de maio: nascidos em março e abril

22 de maio: nascidos em maio e junho

23 de maio: nascidos em julho e agosto

25 de maio: nascidos em setembro e outubro

26 de maio: nascidos em novembro e dezembro

Segunda parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos
30 de maio: nascidos em janeiro

1 de junho: nascidos em fevereiro

2 de junho: nascidos em março

3 de junho: nascidos em abril

4 de junho: nascidos em maio

5 de junho: nascidos em junho

6 de junho: nascidos em julho

8 de junho: nascidos em agosto

9 de junho: nascidos em setembro

10 de junho: nascidos em outubro

12 de junho: nascidos em novembro

13 de junho: nascidos em dezembro

 

Fonte - Exame